Exames Complementares

São denominados exames complementares todos aqueles que auxiliam o médico na elaboração de um diagnóstico. Esses exames são feitos de acordo com a definição do médico coordenador do PCMSO do empregador e devem incluir todos os exames complementares mínimos obrigatórios por lei. Por exemplo, trabalhadores expostos a radiações ionizantes precisam realizar hemograma completo e contagem de plaquetas na sua admissão e a cada seis meses. No mercado alimentício, existem exames que precisam ser feitos a cada três meses. Então, dependendo da função a ser exercida há exames complementares específicos e sua periodicidade é previamente determinada. Abaixo seguem alguns exemplos de periodicidade para exames complementares: a) a cada 6 meses: para os trabalhadores expostos a condições insalubres (como por exemplo trabalho sob ar comprimido); b) Anualmente: para os trabalhadores expostos a riscos ou situações de trabalho que impliquem no desencadeamento ou agravamento de doença ocupacional (por exemplo, ruído), ou, ainda, para aqueles que sejam portadores de doenças crônicas, e aqueles que são menores de 18 anos e maiores de 45 anos de idade; c) a cada 2 anos: para os trabalhadores que tenham idade entre 18 anos e 45 anos. Os exames complementares mais comuns em saúde ocupacional são: • Audiometria • Espirometria • Radiografias • Eletrocardiograma • Eletroencefalograma • Acuidade Visual • Exames Laboratoriais
EXAMES COMPLEMENTARES
Para trabalho em Altura NR 35

EXAMES COMPLEMENTARES

Compre Aqui!
EXAMES COMPLEMENTARES
Para manipulação de alimentos

EXAMES COMPLEMENTARES

Compre Aqui!

Consulte-nos! Ligue 11 2056-0110 ou

Nos mande um e-mail se preferir!